Automatização da Construção Civil com a “Internet das Coisas” - EVEHX
  41. 3133-3000    
  evehx@evehx.com
 
     
Automatização da Construção Civil com a “Internet das Coisas”

“Internet das coisas” é um conceito que você ainda vai ouvir falar bastante. Parece complicado, mas este nome simplesmente significa algo que todos nós já estamos vendo acontecer: a inteligência sendo aplicada a objetos e sistemas, com o objetivo de deixar sua vida mais fácil. Suas possibilidades são inúmeras, como transformar nossa relação com a tecnologia, mudar o modo como interagimos com o mundo e até mais, o modo como o mundo interage conosco. De uma forma bem simples: a Internet das Coisas (IoT) envolve diversos aparelhos conectados que interagem uns com os outros para monitorar, relatar e alternar as coisas com diferentes graus de inteligência. O objetivo é tornar nossas vidas mais simples e mais eficientes. Já imaginou o tanto de melhorias que isso traria para a sociedade?

Mas, e como seria uma automatização da construção civil? Reuniria todas essas inovações na Construção Civil, em benefício de melhores resultados. Do BIM aos aplicativos, drone e novos materiais. Substituiria mão de obra braçal por máquinas automatizadas, pranchetas por software e ferramentaria pesada por soluções tecnológicas robustas. No futuro, o controle de todas as etapas da obra será feito por meio de aplicativos com interface simples e cada vez mais baseada na Realidade Aumentada.

“Já começamos a viver isso. Aparelhos conectados a aplicativos de smartphones, que permitem abrir e fechar janelas, ligar chuveiros e destrancar portas já são realidade. Do que estamos falando de agora em diante é da capacidade dos materiais agregarem tecnologia. O vidro da janela será painel solar e cortina ao mesmo tempo. O piso irá autorregular a temperatura, dependendo da estação. É isso que a IoT irá agregar à construção civil”, prevê Hugo Fuks, diretor do departamento de informática da PUC-Rio.

Com a tecnologia e as inovações na Construção Civil será possível se tornar onipresente e estar ao mesmo tempo caminhando pelo canteiro, porém, dentro do escritório climatizado. É importante deixar claro que nada substitui a presença in loco, mas nem sempre tudo precisa ser resolvido indo à obra. Há funções mais estratégicas que precisam ser levadas a sério pelo engenheiro, como o atendimento e a fidelização dos clientes, que cada vez mais têm acesso a informações sobre os métodos e processos da Construção Civil.

A Internet das coisas está transformando todas as facetas dos edifícios — como os habitamos, como os gerenciamos e até mesmo como os construímos. Existe um vasto ecossistema em torno dos edifícios de hoje, e nenhuma parte do ecossistema ficará de fora desta integralização. Saber o que está se passando no mundo tecnológico significa se manter em dia com o mercado e as inovações na Construção Civil, que continuam a ocorrer muita além deste texto. Essa é uma área extremamente influenciada por novas técnicas, processos e materiais.

Nesse contexto, a EVEHX hoje já usa o aplicativo Eagle para acompanhamento online da equipe de obra pelos engenheiros do escritório, o que permite uma troca de comunicação instantânea para prevenção de problemas e aumento de produtividade na tomada de decisões.

Fontes: Portal Itambétecmundo / Blog da Proof

Vibe Studio