Abril 2018 - EVEHX
  41. 3133-3000    
  evehx@evehx.com
 
     

Arquivo(s) do mês de Abril, 2018


Warning: include(/home/storage/8/84/c9/evehx1/public_html/wp-content/themes/impactosul/inc/nav.php) [function.include]: failed to open stream: No such file or directory in /home/storage/8/84/c9/evehx1/public_html/wp-content/themes/impactosul/archive.php on line 32

Warning: include() [function.include]: Failed opening '/home/storage/8/84/c9/evehx1/public_html/wp-content/themes/impactosul/inc/nav.php' for inclusion (include_path='.:/usr/share/pear') in /home/storage/8/84/c9/evehx1/public_html/wp-content/themes/impactosul/archive.php on line 32

Automatização da Construção Civil com a “Internet das Coisas”

“Internet das coisas” é um conceito que você ainda vai ouvir falar bastante. Parece complicado, mas este nome simplesmente significa algo que todos nós já estamos vendo acontecer: a inteligência sendo aplicada a objetos e sistemas, com o objetivo de deixar sua vida mais fácil. Suas possibilidades são inúmeras, como transformar nossa relação com a tecnologia, mudar o modo como interagimos com o mundo e até mais, o modo como o mundo interage conosco. De uma forma bem simples: a Internet das Coisas (IoT) envolve diversos aparelhos conectados que interagem uns com os outros para monitorar, relatar e alternar as coisas com diferentes graus de inteligência. O objetivo é tornar nossas vidas mais simples e mais eficientes. Já imaginou o tanto de melhorias que isso traria para a sociedade?

Mas, e como seria uma automatização da construção civil? Reuniria todas essas inovações na Construção Civil, em benefício de melhores resultados. Do BIM aos aplicativos, drone e novos materiais. Substituiria mão de obra braçal por máquinas automatizadas, pranchetas por software e ferramentaria pesada por soluções tecnológicas robustas. No futuro, o controle de todas as etapas da obra será feito por meio de aplicativos com interface simples e cada vez mais baseada na Realidade Aumentada.

“Já começamos a viver isso. Aparelhos conectados a aplicativos de smartphones, que permitem abrir e fechar janelas, ligar chuveiros e destrancar portas já são realidade. Do que estamos falando de agora em diante é da capacidade dos materiais agregarem tecnologia. O vidro da janela será painel solar e cortina ao mesmo tempo. O piso irá autorregular a temperatura, dependendo da estação. É isso que a IoT irá agregar à construção civil”, prevê Hugo Fuks, diretor do departamento de informática da PUC-Rio.

Com a tecnologia e as inovações na Construção Civil será possível se tornar onipresente e estar ao mesmo tempo caminhando pelo canteiro, porém, dentro do escritório climatizado. É importante deixar claro que nada substitui a presença in loco, mas nem sempre tudo precisa ser resolvido indo à obra. Há funções mais estratégicas que precisam ser levadas a sério pelo engenheiro, como o atendimento e a fidelização dos clientes, que cada vez mais têm acesso a informações sobre os métodos e processos da Construção Civil.

A Internet das coisas está transformando todas as facetas dos edifícios — como os habitamos, como os gerenciamos e até mesmo como os construímos. Existe um vasto ecossistema em torno dos edifícios de hoje, e nenhuma parte do ecossistema ficará de fora desta integralização. Saber o que está se passando no mundo tecnológico significa se manter em dia com o mercado e as inovações na Construção Civil, que continuam a ocorrer muita além deste texto. Essa é uma área extremamente influenciada por novas técnicas, processos e materiais.

Nesse contexto, a EVEHX hoje já usa o aplicativo Eagle para acompanhamento online da equipe de obra pelos engenheiros do escritório, o que permite uma troca de comunicação instantânea para prevenção de problemas e aumento de produtividade na tomada de decisões.

Fontes: Portal Itambétecmundo / Blog da Proof

Sustentabilidade em Projetos de Concreto Armado e Protendido

No atual panorama, a construção civil tem a seu dispor uma ampla variedade de tipologias estruturais de aplicações viáveis nos modelos usuais de edificações de múltiplos pavimentos. Paralelamente a esse aspecto, cada vez mais, destaca-se a busca pela sustentabilidade, ou seja, a utilização de forma racional dos recursos naturais existentes visando a minimização de impactos ambientais em decorrência da atividade humana. Para o setor em questão, entenda-se redução de desperdícios, caracterizados por perdas evitáveis ao longo das etapas de projeto e de execução, sendo necessário, para tanto, o estabelecimento de uma maneira sistematizada de busca pela otimização nos resultados.

Segundo o vice-presidente do Ibracon, Julio Timerman, “a cadeia produtiva do concreto se engaja nesta verdadeira cruzada de sustentabilidade e de manutenção dos recursos naturais. Hoje em dia, com as novas tecnologias e com a reciclagem de insumos, o setor tem avançado nesta área, principalmente quando respeita os aspectos de sustentabilidade inseridos nas normas técnicas”

Desperdício, despesa e poluição. Esses são alguns dos problemas possíveis de serem resolvidos com o reaproveitamento de determinadas matérias-primas, por vezes consideradas dispensáveis quando aparentam ter perdido sua utilidade. Quer um exemplo? Um dos melhores é o plástico reciclado que, quando empregado, por exemplo, como fôrmas para lajes nervuradas, comprova o quanto pode ser útil, funcional e versátil.

Juntamente com ele, está o chamado concreto protendido, que faz uso da técnica de protensão não-aderente e permite racionalização e resistência. Ambos os métodos construtivos, ambientalmente vantajosos, podem ser aplicados em projetos residenciais, públicos, corporativos e comerciais, provando suas vantagens não só para o meio ambiente, mas para a economia e a arquitetura verde.

“A engenharia busca alternativas para construir estruturas mais resistentes e esbeltas, economizando recursos. Isso também é sustentabilidade. Foi assim que aconteceu no período da Segunda Guerra Mundial, quando o concreto protendido permitiu um grande salto para se construir grandes estruturas. A crise influi, mas temos que aproveitar esta situação para nos sobressairmos nos aspectos técnico e econômico”, diz Timerman.

Economia financeira, obras mais rápidas e menos impactos ao meio ambiente são as qualidades que mais chamam a atenção ao concreto protendido quando o assunto é sustentabilidade. A principal vantagem está na redução de cerca de 35% do consumo de aço e concreto para as estruturas, além de proporcionar maior rapidez e eliminar em quase 90% o uso de madeira nas formas.

A segurança das edificações construídas com concreto protendido é ponto que merece destaque. As características e normas aplicadas garantem a qualidade e proteção das obras.

A busca pela sustentabilidade na engenharia civil engloba uma série de procedimentos em que se busca o uso racional dos recursos para mitigação do impacto ambiental. Uma visão global da edificação é fundamental, desde as etapas iniciais de concepção estrutural. No entanto, é na etapa de projeto estrutural que são realizadas as análises para cada solução tecnológica em estudo, permitindo a avaliação prévia de resultados de acordo com critérios de interesse.

 

Fontes: American Society of Civil Engineers (ASCE)Portal TEM Sustentável / Portal Itambé


Warning: include(/home/storage/8/84/c9/evehx1/public_html/wp-content/themes/impactosul/inc/nav.php) [function.include]: failed to open stream: No such file or directory in /home/storage/8/84/c9/evehx1/public_html/wp-content/themes/impactosul/archive.php on line 50

Warning: include() [function.include]: Failed opening '/home/storage/8/84/c9/evehx1/public_html/wp-content/themes/impactosul/inc/nav.php' for inclusion (include_path='.:/usr/share/pear') in /home/storage/8/84/c9/evehx1/public_html/wp-content/themes/impactosul/archive.php on line 50
Vibe Studio